18.5 C
Lisbon,PT
Sábado, Outubro 20, 2018

ÚLTIMAS

A lei da paridade e o erro dos liberais

Em Abril passado o Parlamento aprovou a alteração da lei da paridade, grosso modo subindo o limiar de representação de cada sexo de 33,3%...

POLÍTICA

DEBATES

ARTES E CULTURA

QUOTIDIANO

1 POSTS0 COMENTÁRIOS
Formada em Filosofia em Lisboa, cidade onde lecionou antes de decidir fugir do país que elegeu Sócrates por duas vezes. Vive numa realidade paralela chamada Genebra, onde se reconverteu no fascinante mundo da luta contra o branqueamento de dinheiro (where else?). Mãe de um rapaz que vale por dois.
2 POSTS1 COMENTÁRIOS
Rodrigo Ferrão nasceu em 1983, é natural do Porto e frequentou o curso de Direito, mas virou a página e foi livreiro alguns anos. Rodeado de livros, dedicou-se à discussão literária através do mundo digital. Não totalmente realizado com o debate, decidiu escrever a sua própria poesia, seguindo-se de outras grafias. Gosta de ler, passear no campo e na cidade, escrever e viajar – não perde uma oportunidade para contar aquilo que vê. Sonha um dia largar o trabalho e ir por aí, divagando como pensa.
31 POSTS4 COMENTÁRIOS
Mãe de dois rapazes e feminista (das duas características conclui o leitor inteligente que não quer exterminar os homens da face da Terra). Licenciou-se em Economia ao engano, é empresária, mas depois encarreirou para os Estudos Orientais, com pendor para a China. Foi blogger e é cronista do Observador. Considera Lisboa (onde nasceu e vive) a cidade mais bonita do mundo, mas alimenta devaneios com Londres e Hong Kong.
20 POSTS1 COMENTÁRIOS
Ricardo Arruda, 43, estudou Ciências da Comunicacão em Lisboa e fez um MBA em Finanças nos Estados Unidos. Vive há mais de vinte anos entre os Estados Unidos e o Reino Unido e foi gestor em companhias financeiras tão variadas como a AXA, Merrill Lynch e AVIVA. Nos tempos livres gosta de fotografia, viajar, musica e ler livros de História. Continua a adiar a escrita do primeiro livro mas até lá vai ser o nosso correspondente em terras de Sua Majestade.
6 POSTS0 COMENTÁRIOS
Carla Macedo nasceu em 1979 e nem acredita que já passou tanto tempo. É jornalista desde 2001, feminista desde os 8 anos, quando teve uma epifania na missa. Esteve envolvida na criação do site Delas.pt, do qual foi editora executiva até ao verão de 2018. Conduziu entrevistas na rádio TSF a mulheres que se destacam em diferentes áreas, no programa Conversas Delas. Na LuxWoman, foi chefe de redação, na Máxima Interiores, também. Colaborou com a Evasões, a Volta ao Mundo (sim, sim, adora viajar!), a Notícias Magazine, a Sábado e muitas mais. Fez televisão para uma produtora, mas os programas nunca foram para ar – danos colaterais da crise! Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, começou no jornalismo numa revista de carros, a Frota, ainda antes de acabar o curso, fez o CENJOR e depois um curso de Jornalismo Multimédia. É casada. Tem dois filhos, um rapaz e uma rapariga. Igualdade em casa é coisa que não falta.
7 POSTS2 COMENTÁRIOS
Teresa Morais tem 35 anos, é jurista, tradutora e activista. Depois de viver em São Paulo e em Londres, voltou, há dois anos, à Lisboa que a viu nascer. Gosta de biografias, boas revistas, boas séries, bons políticos e bons amigos. Ouve música de todos os estilos, a toda a hora, em qualquer lugar. Está no Capital Magazine por acreditar ser esta a hora de falar de causas e de fazer melhor política em Portugal.
11 POSTS4 COMENTÁRIOS
Autoras e autores convidados
6 POSTS3 COMENTÁRIOS
Maria Almeida nasceu e viveu idílicamente na província e quando chegou a Lisboa percebeu que seria difícil sair. Tem um filho de dezanove anos. Escreveu blogs que apagou e dedica-se a ler os outros. Gosta de vinho, música, ler e dormir. É liberal e Delegada de Informação Médica. Sonha com uma quinta no Douro.
4 POSTS3 COMENTÁRIOS
O meu único compromisso é com a verdade. Desde os 10 anos que quero ser jornalista. Licenciei-me em comunicação social e fiz a tarimba toda. Tive a sorte de trabalhar com quem mais admirei: a Margarida Marante. Com ela, descobri o prazer do debate e do confronto de ideias. E a conjugar a máxima liberdade com a máxima responsabilidade. Uma era preciosa do jornalismo, cada vez mais difícil de fazer, apesar que muitos o neguem. Aos 47 anos, sinto-me salutarmente desconfortável com muita coisa. Receio a censura das ideias e dos actos pelo medo de outras ditaduras modernas: a do dinheiro sem valores e a da felicidade descartável. Politicamente, não consigo definir-me. Sou um híbrido geopolítico. Cresci no Porto mas migrei para Lisboa há 25 anos, de onde só sairei se for para o campo. Autora da rúbrica Defeito de Fabrico
8 POSTS3 COMENTÁRIOS
32 anos, casado, pai de uma filha. Advogado e ex-assessor no XIX Governo. Colaborei, enquanto jurista, na redacção do livro “O Inimigo em Casa – Dar Voz aos Silêncios da Violência Doméstica” e escrevi o artigo “A Liberdade não está a passar por aqui” para o livro “Troika Ano II – Uma visão de 66 cidadãos”. Escrevo no Observador sobre o sistema político e a justiça.
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
Depois da licenciatura em Ciências da Comunicação, seguiu para Londres à procura de mais jornalismo. Tirou uma pós-graduação em Fashion and Lifestyle Journalism no London College of Fashion, University of the Arts London e, ao mesmo tempo, colaborava com as revistas LuxDECO, Lux e Única do Expresso. Tirou tempo para se dedicar ao desporto e voltou no site Rua de Baixo e agora na Capital Magazine.
5 POSTS0 COMENTÁRIOS
Susana Almeida já foi mais nova, trabalha por conta de outrem, é mãe de dois filhos, vive na margem certa do Tejo e, por incrível que pareça, arranjou tempo para manter um blogue, o Ser Super Mãe É Uma Treta, que usa como substituto de ansiolíticos e de doses excessivas de bebidas brancas. Não se importava de ser feminista, mas está demasiado ocupada a ser mulher.
3 POSTS0 COMENTÁRIOS
Isabel Santiago nasceu em Aveiro em 1960 onde estudou até terminar o Liceu. Mais tarde acabou a sua formação na área comercial na Suiça, numa Escola privada e na Universidade de Lausanne. Trabalhou nas empresas comerciais fundadas pelo seu pai durante mais de 20 anos. Em 2010, já a residir em Lisboa, inscreveu-se num curso de fotografia e fotojornalismo, que completou durante 3 anos e nunca mais largou a fotografia. Ficou a trabalhar com Luiz Carvalho como assistente de realização no programa Fotografia Total da TVI24 e Fotobox da RTP3 ao longo de mais de 4 anos. Fotógrafa, de direita e apaixonada por política, regista e acompanha os mais diversos eventos do CDS. Tem 3 filhos e espera em breve vir a ser avó.
1 POSTS0 COMENTÁRIOS
0 POSTS COMENTÁRIOS
0 POSTS COMENTÁRIOS
Lisboa, 1962, economista, já com alguma experiência, com muito interesse por política, tendo já recebido convites para ajudar a escrever o programa eleitoral de três partidos (em diferentes momentos), embora não tenha aceitado todos.

MAIS

MÃES E FILHOS (E PAIS)

LIFE STYLE

ALÉM FRONTEIRAS

SAÚDE

Yoga ou vinho?

Abismos

BIBLIOTECA

FORA DO BARALHO

VIDAS XX