Coitadinho do Crocodilo

0

Reza a lenda… que um dia o Beija-Flor chegou apavorado perto do Hipopótamo.

– Hipopótamo, hipopótamo, que grande desgraça! – disse ele sem fôlego – Nem queiras saber o que ouvir dizer aos caçadores.

O Hipopótamo nem o deixou descansar e pediu-lhe para contar logo o que sabia.

– Vi uns caçadores a entrar na floresta…

– Sim?

– E estavam os três a falar.

– Sim?

– Disseram uma coisa horrivel! Vão matar todos os animais de boca grande!!!

O Hipopótamo fez a sua cara mais triste, e com a boquinha mais pequena do mundo e um tom desesperado disse:

– Coitadinho do Crocodilo.

 

Vem isto a propósito da tal da empatia. E de como tudo é mais fácil quando percebemos que não somos tão diferentes uns dos outros dos outros. E deixamos de fazer boca de rabinho…

Há uns dias uma mãe enviou-me este link sobre um bebé abandonado no Reino Unido. Lembrou-me da história – esquecida, e se calhar felizmente para todos – da mãe do bebé encontrado no lixo aqui. Em que tantos disseram eu nunca…  “coitadinho do Crocodilo”, ou pior ainda “mate-se o bicho”. Apresenta-se outra opção de lidar com uma situação semelhante. Não é uma ciência transcendente.

#APELO | Apelo urgente para encontrar mãe de recém-nascido abandonado.

A polícia está a apelar à mãe do recém-nascido abandonado encontrado na rua para se apresentar para receber cuidados médicos e apoio. (…)

O sargento Andy Barry disse: “O bebé Edward tinha apenas 12 horas quando foi encontrado abandonado numa entrada de prédio em Sandrigham. O Edward está a ser bem cuidado pela equipe médica e é um rapaz saudável.”

“Estou a apelar à mãe do Edward: Saiba que neste momento é a minha principal preocupação. Não tenho que saber as circunstâncias que rodearam o nascimento de Edward, sendo eu próprio pai, compreendo quão assustador pode ser tornar-se pai . Posso oferecer ajuda, por favor fique tranquila, não vai ter problemas connosco por causa disto. O Edward está em segurança e a sua saúde e bem estar são a nossa prioridade.

A qualquer pessoa que possa conhecer a mãe do Edward, peço que me ajudem a localizá-la – isto pode ser feito com toda a confiança.”

 

Deixe um comentário. Acreditamos na responsabilização das opiniões. Os comentários anónimos ou de identificação confusa são apagados, bem como os que contenham insultos, desinformação, publicidade, contenham discurso de ódio, apelem à violência ou promovam ideologias de menorização de outrém.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.