Memórias Póstumas de Brás Cubas

0

Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, edição Relógio d’Água

“Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver dedico como saudosa lembrança estas memórias póstumas.”

Ler um livro escrito por uma personagem que morreu – é este o exercício que Machado de Assis leva aos seus leitores. Brás Cubas, meu herói literário, nasce rico e mimado; acolhido no seio de uma família burguesa. E reflecte, post-mortem, sobre o sentido da vida.

São relatos humorísticos fabulosos (sem ordem particular ou cronológica) das suas paixões, aventuras, da família e amigos. O amor encontra sempre a frustração, Brás Cubas viveu relações muito violentas. Este homem sofre, já morto, a memória de muitas aventuras falhadas.

Machado de Assis é um escritor profundo, senhor de um sentido de observação apurado. É muitas vezes considerado o Eça de Queirós brasileiro, e não é por acaso. Através da sua prosa, Machado vai descrevendo os hábitos sociais da época, criticando aqui e ali aquele tempo.

Memórias Póstumas de Brás Cubas é um livro muito humorístico e cativante. Um ensaio filosófico profundo sobre o ser humano e a vida. Mas sempre num relato inteligente, descontraído e leve – não estamos perante uma obra densa e inacessível.

Estou em crer que ler este romance será sempre um exercício bom e divertido. Diria mais: Machado de Assis passou a ser obrigatório.

Artigo anteriorRita Carreira | ‘Não pode valer tudo’
Próximo artigoLisboa feminista: queremos um Monumento aos Movimentos Feministas
Avatar
Rodrigo Ferrão nasceu em 1983, é natural do Porto e frequentou o curso de Direito, mas virou a página e foi livreiro alguns anos. Rodeado de livros, dedicou-se à discussão literária através do mundo digital. Não totalmente realizado com o debate, decidiu escrever a sua própria poesia, seguindo-se de outras grafias. Gosta de ler, passear no campo e na cidade, escrever e viajar – não perde uma oportunidade para contar aquilo que vê. Sonha um dia largar o trabalho e ir por aí, divagando como pensa.

Deixe um comentário. Acreditamos na responsabilização das opiniões. Os comentários anónimos ou de identificação confusa são apagados, bem como os que contenham insultos, desinformação, publicidade, contenham discurso de ódio, apelem à violência ou promovam ideologias de menorização de outrém.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.