Costa Nova e o grés fino de estética vintage

0

Não passou despercebida à Capital Magazine a nova loja da Rua Castilho. No número 69 instalaram-se as peças da Costa Nova, marca de cerâmicas de Aveiro, filha da Grestel.

São 120m2 de puro delírio Made in Portugal, num espaço concebido pelo arquiteto João Mendes Ribeiro e decorado pela equipa da Costa Nova, em colaboração com a reconhecida produtora de ambientes Ana Trancoso. A loja, que também funciona como um showroom profissional, deixa-nos logo com uma profunda vontade de adquirir peças de todas as sub-coleções. Se adicionarmos o fato de podermos criar listas de casamento, personalizar encomendas com entrega ao domicílio entre outros aspetos não vamos fazer desta morada outra coisa senão um spot a ter na agenda.

costanova-lisboa-65

O mais tradicional grés fino português aparece no mercado sob o nome de Costa Nova há mais de 20 anos, em 1998. Segundo Miguel Casal, CEO da empresa, “a loja de Lisboa foi pensada para dar resposta a um crescente número de solicitações de consumidores nacionais e também estrangeiros que muitas vezes nos abordam à procura de pontos de venda. Já tínhamos vários [pontos de venda] mas nenhum com toda a coleção Costa Nova.” Ainda segundo o administrador, “A loja será renovada frequentemente com novas coleções, montras e espaços inovadores e instigadores ao nível dos produtos e da sua apresentação. Teremos notícias em breve incluindo um programa de atividades com vários parceiros.”

A loja possui a sua própria cozinha sendo ideal para live kitchen, show cooking, workshops e pequenos eventos relacionados com o lifestyle da marca. O lema é a “boa vida”, boa comida com a família e os amigos.

costanova-lisboa-50

No que diz respeito aos negócios, a Costa Nova está a apostar na Ásia, sobretudo na Coreia do Sul e o Japão. De qualquer forma a empresa não se considera de “mass market” sendo que, segundo Liliana Cachim – Head of Marketing da Grestel – “queremos ter o nosso espaço de mercado em cada país e já estamos presentes em cerca de 50 países, embora em alguns casos se trate de uma presença discreta. Made in Portugal é uma vantagem na maior parte dos mercados”, adianta.

Segundo a diretora de Marketing podemos constatar que a Costa Nova está bem de saúde e recomenda-se tendo, além das suas equipas de design interno, colaborado com Christian Tortu, designer floral francês e Carsten Gollnick para a coleção Nòto apresentada este mês de Fevereiro na Ambiente Frankfurt, a par com a RODA de Torres Euracini. Tudo motivos para uma deslocação ao coração da cidade. Boas compras!

costanova-lisboa-53
Imagens cedidas pela Costa Nova.
Artigo anteriorO assassino dorme ao lado
Próximo artigoEstado pagar a tempo e horas
Avatar
Depois da licenciatura em Ciências da Comunicação, seguiu para Londres à procura de mais jornalismo. Tirou uma pós-graduação em Fashion and Lifestyle Journalism no London College of Fashion, University of the Arts London e, ao mesmo tempo, colaborava com as revistas LuxDECO, Lux e Única do Expresso. Tirou tempo para se dedicar ao desporto e voltou no site Rua de Baixo e agora na Capital Magazine.

Deixe um comentário. Acreditamos na responsabilização das opiniões. Os comentários anónimos ou de identificação confusa são apagados, bem como os que contenham insultos, desinformação, publicidade, contenham discurso de ódio, apelem à violência ou promovam ideologias de menorização de outrém.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.