13.2 C
Lisbon
Domingo, Dezembro 15, 2019
Inicio Autores Posts por Teresa Morais

Teresa Morais

Avatar
16 POSTS 0 COMENTÁRIOS
Teresa Morais tem 35 anos, é jurista, tradutora e activista. Depois de viver em São Paulo e em Londres, voltou, há dois anos, à Lisboa que a viu nascer. Gosta de biografias, boas revistas, boas séries, bons políticos e bons amigos. Ouve música de todos os estilos, a toda a hora, em qualquer lugar. Está no Capital Magazine por acreditar ser esta a hora de falar de causas e de fazer melhor política em Portugal.

Eleições europeias – Winter is coming.

Desde logo, na análise dos resultados portugueses das eleições europeias, duas perguntas que não querem calar:  Onde anda o eleitorado?  Onde anda a direita?  A resposta à...

Da música e de outros temas – Parte II

Antes de continuar a indicar nomes de artistas de peso presentes nos cartazes dos festivais de música de 2019, reforço a necessidade de trazer...

Mulheres & Música.

De todas as áreas em que as mulheres são minoria, talvez a música seja uma das mais chocantes. Representa o descaso para com as...

Do estigma (da mulher solteira).

Herdei dos meus pais o gosto pela boa comida. Luto contra o “almocinho rápido a caminho”, a sanduíche de bomba de gasolina ou a...

Zoom, ou, a alegria do bom teatro

Ao entrar no maravilhoso teatro da Trindade, a primeira surpresa. A cortina, agora subida, antecipa o cenário de toda a trama. Deparamo-nos com um...

Burnout em português.

Se morressem nove pessoas num qualquer fenómeno natural, o país parava. Se morressem nove pessoas num festival de música, as flores iriam encher o...

Trump e a imigração.

O tema é carregado de justificações apressadas, demonizações frequentes e soundbites racistas. Na verdade, em relação a este e outros temas, torna-se difícil, neste...

Hip To Da Pop: Crónica de uma antestreia feliz.

Em representação da Capital Magazine fui convidada para a antestreia do documentário Hip to da Hop, dos realizadores Fábio Silva e António Freitas.  No âmbito...

Crónica de Nova Iorque.

Nova Iorque é destino que repito sempre. Que desde miúda tive a sorte de aprender a amar. Décadas volvidas, ainda vibro com as ruas,...

Ceci n’est pas l’opposition

Cada vez que vejo o telejornal lembro-me do quadro que acompanha este texto.  A oposição portuguesa está a passar uma fase Magrittiana. De tão surrealista,...