12.3 C
Lisbon
Terça-feira, Abril 23, 2019
Inicio Autores Posts por Pedro Braz Teixeira

Pedro Braz Teixeira

Avatar
23 POSTS 0 COMENTÁRIOS
Lisboa, 1962, economista, focado na macroeconomia e política económica. Publicou O fim do euro em Portugal? (2012, Actual Editora) e O euro e o crescimento económico (2017, Fundação Francisco Manuel dos Santos).

Governar contra o interesse nacional (3)

Prossegue a denúncia dos tipos de medidas tomadas contra o interesse nacional, que nos têm condenado à estagnação. Depois da primeira e...

Governar contra o interesse nacional (2)

Continuo hoje a apresentar os tipos de erros que explicam porque estamos a caminhar para ocupar o lugar do país mais pobre da...

Governar contra o interesse nacional (1)

Portugal tem sido muito mal governado, sobretudo nas duas últimas décadas, em que muitas das medidas tomadas foram contra o interesse nacional....

Hipocrisia no Estado Social

Há uma enorme hipocrisia no Estado social, quando os governos não querem pagar a factura do “social”, impondo a alguns privados, escolhidos de forma...

Direita a acordar

A direita portuguesa está finalmente a acordar, com o surgimento de novos partidos, e com o PSD em vias de mudar de liderança e...

Construir o civismo

Para construir o civismo que queremos será necessário: educar mais para o civismo; regras mais claras e divulgadas; fiscalização consistente e sistemática.

2019, um ano particularmente incerto

É muito difícil imaginar boas notícias para 2019, com a provável excepção de nova redução do desemprego em Portugal e a estreia de novos...

A anormalidade das 35 horas

Portugal não tem economia – nem muito menos finanças públicas – que permitam sustentar a semana das 35 horas na administração pública,...

Estes partidos e a justiça como coveiros da democracia

Os actuais partidos e a justiça andam a brincar com o fogo, ao não assumirem a necessidade de uma forte luta contra a corrupção,...

E se tivéssemos crescido como Espanha?

Se, entre 2000 e 2017, tivéssemos crescido como Espanha, o nosso PIB seria 22% maior do que é, o emprego poderia não ter caído,...